Eu sou a Universal Universal

Minha história

Sou o Júlio Cesar, montanhista, aventureiro.

Sou o Júlio Cesar. Funcionário público. Apaixonado pelo rapel, jiu-jítsu e montanhismo. Eu sou a Universal!

Avante!

Júlio Cesar aos 10 anos queria ser bombeiro.

Hoje, é um aventureiro.

Do sonho de ser um herói e salvar vidas, até o rapel, o voo de asa delta, o trekking (trilhas em montanhas) e o jiu-jítsu, a jornada foi dura.

Antes da aventura

Quando Júlio era criança, sonhava em ser bombeiro. Ele se encantava com os grandes caminhões vermelhos e os atos heroicos dos soldados de fogo.

O tempo passou, e a vida levou Júlio Cesar para outros caminhos. Mas aquele desejo de menino não foi totalmente abandonado. Aos 33 anos, ele se tornou voluntário no grupo de apoio da Defesa Civil e auxiliava no salvamento de vítimas em áreas de risco e em alagamentos.

Para auxiliar nos resgates, Júlio aprendeu técnicas de escalada como rapel – descida em um paredão na vertical com ajuda de uma corda. Ele foi se aprimorando até chegar ao montanhismo.

Hoje, Júlio Cesar, ou Avante como é chamado pelos seus amigos, é um funcionário público dedicado. Mas é nos finais de semana que ele se mergulha em sua paixão: os esportes radicais.

Dos dias difíceis à vitória

Nascido no Rio de Janeiro, Júlio Cesar tem 38 anos e passou por muitos momentos de dificuldade.

Quando estava na adolescência, tinha muitas brigas com a mãe. Diariamente, discutiam e o principal motivo era que o pai dele, todos os dias, bebia e jogava. Irritada com as saídas do marido, a mãe de Júlio descontava no filho. Com o tempo, ela adquiriu Síndrome do Pânico e acabou viciada em calmantes e cigarro.

Em decorrência da doença da mãe, Júlio César passou, aos 10 anos de idade, a cuidar da casa sozinho: lavando, cozinhando e passando roupa, enquanto a mãe vagava pelas ruas sem rumo.

Jovem e solitário, o carioca tinha sentimentos de fracasso na vida familiar e amorosa.

Em 1999, quando trabalhava como frentista em um posto de gasolina, ele conheceu Maricelia da Silva, que hoje é sua mulher. Ela era funcionária do mesmo posto, trabalhando na loja de conveniência.

Um ano depois, Maricelia convidou-o para ir à Igreja Universal do Reino de Deus, e foi nesse mesmo dia que o carioca percebeu que poderia mudar. Ele passou a ter um melhor relacionamento com a sua mãe e a amá-la. Foi também com a ajuda da Universal que, em 2005, a mãe de Júlio recuperou a saúde.

Em 2001 ele se casou e, desde então, tem o apoio da esposa em suas aventuras.

Esporte de alto risco

 Dos 10 anos praticando esportes radicais, Júlio Cesar tem muitas histórias para contar.

Certa vez, estava praticando canyonismo – descida vertical em cachoeira de alta pressão. Júlio estava numa cachoeira, quando uma tempestade caiu repentinamente. Ele e mais cinco pessoas decidiram que o melhor era não recuar e continuar o percurso usando todos os conhecimentos técnicos. “Com a mão de Deus, vencemos a correnteza e chegamos em terra firme”, relembra Avante.

Em outra aventura, quando fazia rapel o carioca ficou preso na metade de uma rocha, no paredão da montanha Dona Marta (RJ), sem água ou comida. Já era noite e estava escuro. Depois de muito insistir, com a lanterna do celular, conseguiu localizar o grampo – aro de metal que fica fixo na rocha – e concluiu o percurso. “Foi um milagre eu ter sobrevivido”, conta o aventureiro.

Missão

 Avante gosta tanto de praticar esportes, que passou a compartilhar a sua paixão com outras pessoas. Ele é faixa preta e professor de jiu jitsu no programa social Força Jovem Universal, da igreja Universal do Reino de Deus, e ensina 50 alunos carentes gratuitamente.

Júlio também está batalhando para conseguir patrocínio e escalar o Everest, montanha mais alta do mundo, com 8.848 metros de altura, localizada na cordilheira do Himalaia, situada na fronteira entre o Nepal e o Tibete (China).

Outro sonho dele é escrever um livro sobre as suas histórias e aventuras.

Júlio Cesar superou dificuldades imensas, como as montanhas que hoje escala. Lutou contra problemas na infância, como lutam os jovens carentes para quem leciona jiu-jítsu. Levou longe o compromisso com a família, como longe vão os voos de asa delta que pratica. Marido dedicado, aventureiro, que almeja ir cada vez mais alto. Esse é Júlio Cesar e ele é a Universal.

 

Comentários

Comentar 4 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. celia disse:

    PARABÉNS JULIO AVANTE! VOCÊ vai salvar muitas vidas !

  2. Alexandre Souza disse:

    Tá ligado…Deus Abençoe o senhor…ficamos muito felizes eu e minha família vimos e amamos a historia .Abraço do seu amigo Alexandre.

  3. Bruno Santos disse:

    Muito bonita a sua história. Estamos juntos meu amigo.
    #AVANTE

  4. Tiago de Almeida disse:

    Realmente o Júlio Avante e um guerreiro de Deus um pessoa humilde, sempre ajudando o próximo.Parabens só vitória AVANTE!!!